domingo, 25 de setembro de 2016

Notícias do nosso embrião e a angústia da espera

O telefone tocou às 8h30 de sábado. Era a embriologista da clínica com notícias sobre nosso embrião filho único. Ele está com 9 células e grau 2 de fragmentação, o que é considerado um embrião de boa qualidade segundo ela. Como o desenvolvimento está de acordo com o esperado para o D3, eles vão esperar até segunda para ver como ele evolui - e aí, dependendo da evolução, o médico decidirá ou não pela biópsia. Me parece que, se a qualidade estiver boa, ele vai optar por não fazer a biópsia. Eu já disse que tenho mixed feelings: por um lado quero saber e descobrir se nossos embriões têm algum problema (não para evitar possíveis doenças, de jeito nenhum, é para entender se há algo que impede a implantação), por outro não quero arriscar fazer a biópsia tendo somente um embrião.

E agora eu estou aqui apavorada. Dos nossos cinco embriões gerados e implantados, nunca nenhum chegou ao D5. Na verdade nunca tentaram fazer com que chegasse ao quinto dia, em função da nossa baixa quantidade. Quatro foram implantados em D3 e um em D2. Estou com muito medo de não evoluir até amanhã e queria ir pra clínica ficar cuidando dele 24 horas. É angustiante não ter NADA que a gente possa fazer a não ser esperar.

Não é a primeira vez que temos um embrião com 9 células em D3. Então nos resta confiar na qualidade do laboratório da clínica - dito o melhor da América Latina - torcer e esperar para que amanhã venha mais uma boa notícia. Um dia de cada vez.

6 comentários:

  1. Te entendo e também não sei como me posicionaria no seu lugar. Se por um lado acho que deve arriscar, porque um blastocisto tem grandes chances de evoluir, afinal, já passou pela seleção natural que ocorre entre o D3 e o D5, penso que você deve ter mil dúvidas do porque seus embriões nunca evoluíram para uma gestação... Quantas dúvidas nessa fase... Não basta ter que passar por tudo isso, ainda temos que tomar essas decisões tão complexas!
    Vai dar tudo certo, torcendo muito por aqui! Um beijo e um abraço apertado de boa sorte!
    www.eontemeuchorei.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente são muitas decisões complexas, sobre as quais nunca pensamos antes, sobre as quais poucas pessoas sabem nos aconselhar... É difícil! Bjos na torcida!

      Excluir
  2. Oi, seu guerreirinho vai se desenvolver bem, fé em Deus! Acredito que dará td certo e em breve estará gravidinha.
    Na torcida!!! Amanhã será um grande dia.
    Beijos carinhosos
    Ptt (Fiv-Amadurecimento da Alma)
    http://fivamadurecimentodaalma.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora é amanhã que tem que ser um bom dia! Bjos!

      Excluir
  3. Querida, com vida aqui mutcho loca não tenho conseguido comentar/acompanhar todas as postagens em tempo real, mas sempre que posso venho visitar seu cantinho. Quero que você saiba que continuo emanando meus melhores pensamentos para este embrião com 9 células (uhuuuuul!).
    Sobre essa sensação de angústia que nossa impotência traz, queria falar que é isso aí mesmo. Engravidando sem querer, com coito programado, com FIV, com barriga de aluguel, adotando, sempre e para sempre teremos um limite no que podemos controlar. Dá para tomarmos ácido fólico, mas não dá para irmos dentro do nosso útero ou do tubo de ensaio fazer as divisões celulares que nossos filhos precisam fazer para crescer e nascer. Dá para contratarmos a melhor equipe médica para nos auxiliar no parto, mas não temos como sair de nossa barriga pelo nosso bebê. E do mesmo jeito, temos como ensinar coisas, oferecer ambiente seguro, tomar as medidas de proteção, mas ainda assim, não existe a certeza e muito menos a onipotência. Nisso eu consigo, então, entender sua angústia. Então, toma aqui meu abraço solidário e vamos torcendo juntas pelo melhor.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Queria poder entrar no tubo de ensaio! Beijos e obrigada pelo carinho!

      Excluir